Faça AQUI o teste de
Controlo da sua Asma

Vigilância do doente Asmático1

A vigilância do doente asmático deve ser programada por fases, sendo a inicial até a situação clínica estabilizar e serem atingidos os objetivos de tratamento, após o que passará a ser vigiado, periodicamente, de acordo com a sua evolução.

A primeira fase deve contemplar para além da elaboração da história clínica e do exame objetivo, a execução dos exames complementares de diagnóstico considerados necessários, como, por exemplo, avaliação da atopia, provas de função respiratória, exames analíticos ou radiológicos.

O plano de tratamento deve contemplar, sempre, o programa de desenvolvimento de capacidades e competências do doente e da família.

Nas fases subsequentes de vigilância deve, para além da reavaliação clínica, proceder-se aos exames imprescindíveis à adequada avaliação da evolução da doença e à revisão do plano terapêutico e do programa de desenvolvimento de capacidades e competências do doente e da família.

Muitas pessoas suspeitam ter asma, mas preferem evitar uma situação de diagnóstico clínico. Fazem muito mal, pois assim é impossível controlar esta doença crónica.

1 - Manual de Boas Práticas Asma, da Direcção-Geral da Saúde

PRT/AST/0002/17b Data de preparação: março 2017