Faça AQUI o teste de
Controlo da sua Asma

Causas1

Os ataques de asma podem ser desencadeados por alergénios, pelo fumo do tabaco ou poluição atmosférica, pela prática de exercício físico intenso, por manifestações de emoção (por exemplo, o riso), pelo frio, por determinados alimentos ou os seus aditivos, por alguns medicamentos (por exemplo, aspirina e bloqueantes beta), etc.

É importante saber reconhecer as causas dos sintomas e dos ataques de asma. Assim, poderá evitar o seu aparecimento.

Ácaros
São microrganismos microscópicos que vivem nos nossos colchões, roupa de cama, alcatifas e tapetes, cadeirões, almofadas, etc.

Pólen
É uma das causas mais frequentes de crises de asma. A polinização das plantas faz-se principalmente na Primavera. É nesta altura que os asmáticos alérgicos aos pólens têm sintomas. Podem passar completamente bem nos restantes meses do ano.

Alimentos
Alguns alimentos podem provocar asma, por vezes não são os alimentos a causa real da doença, mas conservantes ou corantes.

Evitar a exposição a pólens, poeiras, ácaros, fungos, fumos, pelos de animais, poluição em geral e um ar muito frio é também fundamental para prevenir a asma. O exercício físico sem acompanhamento médico é pouco recomendável. O consumo de tabaco é totalmente contraindicado.

Sintomas1

A asma causa sintomas respiratórios, nomeadamente, dificuldade em respirar (ou dispneia), pieira ou chiadeira, sensação de aperto no tórax, tosse e cansaço. Por norma, podem surgir ao início da manhã ou num período noturno. A intensidade dos sintomas é muito variável de doente para doente e mesmo em cada doente, já que podem passar-se dias, semanas ou meses sem sintomas ou podem ser muito frequentes. Também a intensidade das crises pode ser muito diferente de dia para dia.

Dificuldade em respirar
Dificuldade em deitar fora o ar do peito e em fazer entrar mais ar. Normalmente, não temos consciência da entrada e saída de ar dos pulmões.

Pieira
Ruído tipo assobio que se ouve ao respirar e que é provocado pela passagem do ar nos brônquios estreitados.

Aperto torácico
Sensação de ter o peito a ser apertado por um cinto.

1 - Manual de Boas Práticas Asma, da Direcção-Geral da Saúde (online).

PRT/AST/0002/17a Data de preparação: março 2017